21°
Máx
17°
Min

Paraná prepara vacinação contra a dengue

(Foto: Claudio Fachel/ Palácio Piratini) - Paraná prepara vacinação contra a dengue
(Foto: Claudio Fachel/ Palácio Piratini)

O Paraná será o primeiro Estado das Américas a vacinar contra a dengue. A notícia foi divulgada pelo governo, que acordou os detalhes da compra das vacinas com o grupo francês Sanofi Pasteur. De acordo com a assessoria, o governo aguarda apenas que a câmara de regulação do Mercado de Medicamentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) defina o preço da vacina para finalizar o processo de aquisição e iniciar a campanha de imunização no Estado.

A decisão de vacinar, se deu pelo fato de que seria menos oneroso prevenir do que tratar. “O custo estimado da dengue no Paraná, direto e indireto, é de mais de R$ 200 milhões anuais. Com a vacina, pretendemos reduzir sistematicamente o número de casos e evitar novas epidemias”, disse o governador Beto Richa.

A vacina que será comprada é pioneira no mundo e foi aprovada pela Anvisa em dezembro de 2015, depois de 20 anos de pesquisa e a comprovação de sua efetividade. Ela protege contra os quatro sorotipos de dengue que circulam no Brasil. “A vacina é importante porque vai reduzir drasticamente o número de internações e a mortalidade por dengue e nos dará condições de, com cinco ou seis anos de imunização contra a dengue, controlar efetivamente a doença no Paraná”, disse, o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto.

(Foto: Divulgação/AEN)(Foto: Divulgação/AEN)

Colaboração AEN