27°
Máx
13°
Min

Paraná registra 159 doações de órgãos em seis meses

(Foto: Venilton Kuchler) - Paraná registra 159 doações de órgãos em seis meses
(Foto: Venilton Kuchler)

O Paraná registrou, no primeiro semestre deste ano, 159 doações de órgãos e 302 transplantes. O número é 28% maior do que no mesmo período do ano passado representa um recorde de transplantes no estado.

Apesar dos resultados positivos, a recusa da família ainda é um desafio para a realização dos transplantes. Nos seis primeiros meses do ano, uma entre quatro notificações de potenciais doadores não foi finalizada após negativa familiar.

A falta de conhecimento sobre a decisão do doador é apontada como um dos principais motivos para a recusa da doação dos órgãos. “Não precisa deixar nada por escrito. É a família que autoriza a doação após ser declarada a morte encefálica”, afirma a diretora do Sistema Estadual de Transplantes do Paraná, Arlene Badoch.

Esta é uma situação que a campanha “Fale Sobre Isso” pretende reverter ao incentivar que as pessoas declarem às suas famílias que doadoras de órgãos. “Para isso, contamos com o apoio de diversas empresas e instituições parceiras para fomentar a discussão do tema na sociedade. Só através da informação vamos avançar ainda mais na área de transplantes”, explica o secretário estadual da Saúde em exercício, Sezifredo Paz.

Colaboração Agência de Notícias do Estado