21°
Máx
17°
Min

Peeling para acabar com as rugas, retira manchas e cicatrizes

(Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa) - Peeling para acabar com as rugas, retira manchas e cicatrizes
(Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa)

A exposição excessiva à luz solar e o efeito cumulativo ao longo dos anos pode causar manchas e comprometer a pele. Segundo Daniele Florêncio, especialista em estética e diretora da clínica Vitaclin, devido à menor incidência de luz, o inverno é a melhor época para tratar estas lesões.

Um dos tratamentos mais indicados para esta época do ano é o peeling. "Por meio da aplicação de substâncias químicas ácidas, físicas ou  laser, ele provoca a descamação da epiderme ou derme, retirando manchas e  proporcionando outros benefícios para a pele", explica.

Segundo a especialista, existem três tipos de peelings, definidos de acordo com a porcentagem de ácido aplicado: peelings superficiais, médios e profundos. Os superficiais utilizam porcentagens baixas ou substâncias abrasivas que propiciam uma descamação leve, retirando manchas e lesões superficiais. Já os médios e profundos são mais agressivos e agem mais intensamente sobre a pele.

O peeling indicado irá depender dos tipos das manchas e da gravidade: "Para as marcas deixadas pela exposição aos raios ultravioletas,  o peeling químico profundo é o mais indicado. Ele é produzido a  partir do ácido tricloroacético ou fenol, atuando profundamente sobre a  epiderme. Já em outros casos, podem ser feitos o peeling físico ou de  cristal".

A especialista orienta que para obter melhores resultados, é necessário buscar um profissional capacitado. "O profissional irá avaliar as lesões e  recomendar o melhor tratamento. Se os devidos cuidados forem tomados, será  possível perceber resultados mais satisfatórios e evitar os efeitos  indesejáveis", finaliza.

Colaboração Assessoria de Imprensa.