22°
Máx
14°
Min

Siga a dieta do sorriso saudável

A grande maioria das pessoas concorda que um sorriso saudável é um belo cartão de visita. No entanto, dentes brancos e saudáveis não significam apenas beleza, mas sim saúde e cuidado bucal, desde a profilaxia correta, até os alimentos ingeridos, que podem dizer muito sobre os dentes. Os alimentos consumidos podem dar pistas para um diagnóstico de como vai a saúde da boca.

O açúcar é o grande vilão dos dentes, principalmente o refinado. Mas, como cortá-lo totalmente da rotina? É muito difícil, não é? Sendo assim, conforme pontua o dentista Antonio Trevisani, da Biodente Odontologia, “o ideal seria consumir apenas o doce das frutas, que é natural. Mas, como entendemos que a tentação é grande e o sabor é inigualável, procuramos um equilíbrio e uma convivência inteligente com ele. Ou seja, limitar a ingestão do açúcar apenas às sobremesas pode ser um bom caminho", analisa dr. Antonio.

Segundo o profissional, a alimentação ideal para o sorriso é aquela balanceada, rica em frutas verduras, carne, leite e ovos. Pois, além de não oferecer perigo aos dentes, alguns alimentos podem fortalecer o esmalte, cuidar da gengiva e ainda manter o sorriso em dia. 

Confira alguns exemplos

  • Cenouras: fazem bem ao esmalte e ainda promovem uma saliva mais saudável;
  • Pimentão: é bom para a gengiva;
  • Abacaxi: age contra a formação da placa bacteriana, além de auxiliar na remoção de manchas;
  • Ovos: auxiliam na prevenção das aftas;
  • Maçã: ajuda na limpeza dos dentes;
  • Sementes: como gergelim e nozes, em virtude da crocância, estimulam a saliva saudável, que combate a placa e tornam os dentes mais fortes por conter cálcio;
  • Morango: auxilia no clareamento;
  • Gengibre: combate e trata as inflamações gengivais.

A boca é a porta de entrada e se conecta com todo o resto do corpo, principalmente com cérebro, coração e pulmões, com os quais a comunicação é ainda mais direta. "As bactérias contidas na boca, quando não eliminadas, por meio da limpeza, facilmente são ingeridas e absorvidas pela corrente sanguínea. Desse modo, é possível que ela se aloje no corpo e migre para órgãos importantes, podendo causar graves problemas de saúde como, por exemplo, o entupimento das veias do coração", explica o dr. Antonio.

Colaboração Assessoria de Imprensa.