27°
Máx
13°
Min

Voluntários do riso visitam pacientes de hospital de Curitiba

(Foto: Rafael Danielewicz / Assessoria)  - Voluntários do riso visitam pacientes de hospital de Curitiba
(Foto: Rafael Danielewicz / Assessoria)

Nesta sexta-feira (18), o Hospital VITA, localizado no Batel, recebe a primeira visita do grupo Doadores D’Alegria deste ano. A iniciativa tem como objetivo abordar pacientes, familiares e funcionários promovendo a humanização nos serviços hospitalares, por meio de atividades que proporcionam descontração e auxiliam o enfrentamento da dor e do sofrimento.

Dividindo-seem duplas ou trios, os chamados clowns (palhaços, em inglês), se propõem a oferecer um cuidado além dos convencionais, oferecidos pelos médicos. O grupo realiza, em média, uma visita por mês, alternando entre as unidades do VITA localizadas no Batel e na Linha Verde.

A interação é feita nas UTI’s, sempre com a permissão do paciente, por brincadeiras, histórias, músicas, bexigas e outras atividades com técnicas e métodos de improviso, levando riso e alegria ao ambiente. As atividades também são acompanhadas pela equipe de psicologia do hospital: “Sabe-se que o momento do adoecimento e internação hospitalar é gerador de estresse e ansiedade, situações estas que podem comprometer o restabelecimento da saúde”, explica a psicóloga Raphaella Ropelato, uma das idealizadoras da ação. Segundo ela, oferecer apoio psicológico e ofertar atividades que possam ser realizadas dentro deste ambiente, procuram ampliar as estratégias de enfrentamento, manter funções cognitivas e atingir uma resposta de relaxamento. 

Doadores D'Alegria

O grupo foi formado em 2009, na Primeira Igreja Batista de Curitiba, com o objetivo de levar a alegria e o amor de Deus aos pacientes hospitalizados, bem como a seus familiares e à equipe de saúde através da "arte do clown". Todos os participantes têm atuação voluntária. 

Clown

É uma espécie de palhaço, que une seu humor sutil, inocência e pureza aos acontecimentos da vida e do cotidiano, levando riso, alegria, diversão, mas também reflexão àqueles que os encontram. Difere do estereótipo visual de palhaço, já que cada um possui suas vestes, os "clowns" são alternativos, mas não exagerados. Ou seja, sem perucas enormes e coloridas e com maquiagens assustadoras, mas com uma combinação simples de trajes e maquiagens que aproximam o "clown" de seu público.

 Serviço

Visita Doadores D'Alegria
Quando: 18/03, sexta-feira, das 11h às 13h
Onde: Hospital VITA - Rua Alferes Ângelo Sampaio, 1.896 - Batel - Curitiba - PR
www.hospitalvita.com.br

Colaboração Assessoria de Imprensa.