27°
Máx
13°
Min

Água e esgoto aumentam 2,64%; energia elétrica sobe 0,05% no IPCA de junho

(Foto: Divulgação) - IPCA aponta aumento na água, esgoto e energia elétrica
(Foto: Divulgação)

Após o repique de 10,37% registrado em maio, a taxa de água e esgoto apresentou variação de 2,64% em junho, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado nesta sexta-feira, 8, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar da desaceleração no ritmo de aumento, ainda houve pressões de Salvador (com elevação de 7,98%, devido ao reajuste de 9,98% em vigor a partir de 6 de junho); Brasília (aumento de 7,69%, após reajuste de 7,95% em 1º de junho); Belo Horizonte (alta de 5,57%, devido ao reajuste de 13,90% vigente desde 13 de maio, além da revisão na estrutura tarifária praticada pela empresa de abastecimento de água e de esgotamento sanitário da região); e São Paulo (alta de 3,25%, como consequência do reajuste de 8,40% desde 12 de maio).

Já o item energia elétrica diminuiu o ritmo de alta de 2,28% em maio para 0,05% em junho, refletindo os resultados de Curitiba (com queda de 2,58% em junho, devido à redução na tarifa de 13,83% em 24 de junho) e Porto Alegre (recuo de 0,75%, graças à redução de 7,50% em uma das concessionárias em 19 de junho). Em Belo Horizonte, a conta de luz aumentou 3,26%, devido ao reajuste de 3,78% em 28 de maio. Além disso, em oito das 13 áreas pesquisadas houve redução nas alíquotas do PIS/COFINS sobre a tarifa de energia elétrica.