23°
Máx
12°
Min

Após 3 pregões de alta, Bovespa realiza lucros e recua 0,37%

A Bovespa terminou segunda-feira, 6, em baixa de 0,37%, aos 50.431,80 pontos, em um movimento atribuído a uma realização de lucros recentes. Nos últimos três pregões, a bolsa havia acumulado ganhos de 4,43%. Apesar da agenda relevante, que contou com a fala da presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), Janet Yellen, os negócios acabaram por ser guiados essencialmente pelas oscilações das commodities e pelo noticiário corporativo.

As análises das declarações de Yellen convergiram para a percepção de que uma elevação de juros nos EUA não deve ocorrer em junho, como a própria dirigente havia sinalizado em maio. Relatórios de bancos internacionais interpretaram a fala da presidente do Fed como um indicativo de que o BC americano deverá, sim, elevar os juros em 2016, mas não agora. Para a maioria, as chances de elevação estão mais concentradas na reunião de política monetária marcada para setembro.

Com volume de negócios reduzido, a Bovespa já havia iniciado o dia demonstrando fraqueza. Chegou a subir 0,60% pela manhã, mas passou a alternar altas e baixas até se firmar definitivamente em queda, no final da manhã. O desempenho negativo das ações do setor bancário foi determinante para o sinal negativo e foi comandado por ações do Bradesco. Os papéis reagiram negativamente à notícia de que um grupo de investidores ingressou com ação coletiva na Justiça dos Estados Unidos contra a instituição, devido ao seu envolvimento na Operação Zelotes. Bradesco ON e PN caíram 0,82% e 0,58%, respectivamente, e ajudaram a puxar para baixo os demais papéis do setor financeiro.

Por outro lado, as ações de mineração e siderurgia foram destaque de alta, acompanhando a alta de 2,2% do minério de ferro no mercado chinês. Usiminas PNA subiu 5,49% e liderou as altas do Ibovespa. Vale ON avançou 4,00% e Gerdau PN ganhou 3,93%.

O setor de educação também se destacou, com a notícia de que a Ser Educacional também está interessada em uma fusão com a Estácio. Na semana passada, a Kroton admitiu estar estudando uma proposta para a concorrente. Com isso, Estácio ON terminou o dia em alta de 4,68%, enquanto Ser Educacional, que não faz parte do Ibovespa, subiu 1,06%. Já Kroton ON caiu 2,16% e esteve entre as maiores quedas do índice. A alta dos preços do petróleo sustentaram as ações da Petrobras durante boa parte do dia, mas os papéis perderam fôlego ao longo da tarde, cedendo às correções de preços. No final do pregão, Petrobras ON caiu 0,09% e Petro PN, 1,28