24°
Máx
17°
Min

Appa participa da maior feira de logística e transporte do mundo

(Foto: Arquivo AENPr) - Appa participa da maior feira de logística e transporte do mundo
(Foto: Arquivo AENPr)

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) participa, entre hoje e quinta-feira (5 e 7), em São Paulo, da 22ª edição da Intermodal South America, com outras 30 empresas parceiras. Nesta que é uma das principais feiras de Logística, Transporte de Cargas e Comércio Exterior do mundo, representantes do setor que atuam nos Portos do Paraná irão apresentar os avanços e inovações para escoamento de cargas. 

Segundo o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, nos últimos cinco anos foram feitos os maiores investimentos dos últimos 40 anos nos portos do Paraná. 

“Com recursos próprios a Appa aplicou R$ 511,9 milhões e outros R$ 428 milhões estão programados para melhorar a infraestrutura e logística. Os resultados destes investimentos serão apresentados na Intermodal”, disse Richa Filho. 

Novidades

Entre as novidades está o Super Berço, nova modalidade de carregamento do Porto de Paranaguá e que está permitindo uma redução de 15 horas no tempo de operação de navios no Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá. O tempo de carregamento normal de um navio é 48 horas, sendo que no Super Berço o carregamento foi reduzido para 33 horas, gerando um ganho operacional de 31,25%. 

“Queremos reduzir cada vez mais o tempo de espera para atracação e esta medida só está sendo possível porque investimos pesado em tecnologia e planejamento”, declarou o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino. 


Segundo ele, o Porto de Paranaguá já promoveu três campanhas de dragagem, adquiriu quatro novos shiploaders (equipamento que carrega com grãos os navios cargueiros), substituindo equipamentos da década de 70. Nesta gestão também foram adquiridos dez novos guindastes, novas balanças para pesagem dos caminhões, novos tombadores e demais componentes para descarregar cargas. Foram adquiridos scanners para inspeção de cargas, novas guaritas informatizadas e novo acesso ao Pátio de Triagem foram instalados, a implantação do APPA WEB (Porto Sem Papel) e a nova iluminação (em LED) da avenida portuária, totalizando cerca de R$ 21 milhões. Com a troca de lâmpadas tradicionais por LED, reduziu o consumo e aumentou a segurança nestas áreas. 

Somando-se a isso, o governo também acaba de autorizar R$ 183 milhões para modernização dos berços 201 e 202 e ampliação em 100 metros do cais do berço 201 - sentido Oeste. Esta é a primeira obra pública de ampliação do cais de atracação do Porto de Paranaguá dos últimos 30 anos e será realizada integralmente com recursos próprios da Appa. 

As medidas já implementadas resultaram no aumento da receita cambial, que em 2010 era de U$ 14,5 bilhões e passou para U$ 16,5 bilhões em 2014. Já a movimentação geral de cargas passou de 38,1 milhões em 2010, para 45 milhões em 2015. 

“Pretendemos mostrar que o Governo do Paraná está preocupado em dar aos operadores dos portos paranaenses e demais usuários condições de alcançar melhores resultados e nível de atendimento. É isso que, respaldados por nossos números e projetos, os nossos parceiros na Intermodal vão poder apresentar para fechar novos negócios nesse ambiente que é propício”, diz o superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino. 

Conferências

As conferências que serão apresentadas durante a 22.º edição da Intermodal South America propõem uma análise dos principais fatores e iniciativas que podem contribuir para promover o desenvolvimento dos setores de transporte de cargas, logística e comércio exterior brasileiro. Investimentos em infraestrutura logística e a expansão portuária são algumas das principais premissas a serem abordadas. 

No total, 95% do comércio exterior brasileiro passa pelo setor portuário. De acordo com a Secretaria de Portos da Presidência da República, nos últimos 11 anos, houve um crescimento de 70% na demanda de movimentação de carga nos portos brasileiros, com uma projeção de crescimento de 103% nos próximos 25 anos. 

Intermodal 2016

A Intermodal South America é considerada pelos executivos da indústria como uma plataforma estratégica para a geração de novos negócios, plataforma para lançamentos, reforço de marca, vendas e networking. 

No dia 5, o Seminário Político Econômico irá analisar os principais desafios do cenário multimodal brasileiro. No dia 6 acontece o Seminário Intralogística para debater o processo de logística interna de movimentação e armazenagem. 

Encerrando a grade de programação de conteúdos, no último dia (7), acontecerá o Seminário Innovative Supply Chain, que traz a apresentação de soluções para otimizar a cadeia de Supply Chain e Logística das empresas, de forma que se tornem mais estratégicas para superar os desafios e manter a rentabilidade dos negócios. 

As Conferências da Intermodal South America acontecem paralelamente à feira, que reúne de 600 marcas nacionais e internacionais, de 25 países, além dos principais players do setor de transportes de cargas, logística e comércio exterior em um ambiente propício para fomentar os negócios.

Colaboração AENPr.