23°
Máx
12°
Min

Balança do agronegócio de SP até agosto tem superávit de US$ 9,09 bi (+28,9%)

O agronegócio de São Paulo exportou US$ 12 bilhões nos oito primeiros meses de 2016, 13,5% mais que no mesmo período do ano passado. Já as importações caíram 17,2% no mesmo período, somando US$ 2,94 bilhões, o que resulta em um superávit de US$ 9,09 bilhões, aumento de 28,9% ante janeiro e agosto do ano passado.

Os dados são do Instituto de Economia Agrícola (IEA) e foram divulgados nesta segunda-feira (26). Considerando as exportações totais do Estado de São Paulo, os embarques somaram US$ 30,37 bilhões no período de janeiro a agosto, com importações de US$ 34,03 bilhões. Com isso, o déficit nos oito primeiros meses do ano foi de US$ 3,66 bilhões, ainda que 74% menor que o déficit de US$ 14,31 bilhões registrado no mesmo período do ano passado. Em relação ao ano anterior, houve o crescimento de 0,7% nas exportações paulistas enquanto as importações diminuíram 23,5%.

O pesquisador do IEA José Roberto Vicente disse, em nota, que, excluindo o desempenho do agronegócio, houve um déficit externo de US$ 12,75 bilhões, a partir de importações paulistas nos demais setores de US$ 31,09 bilhões e exportações US$ 18,34 bilhões. No período de janeiro a agosto de 2015, os demais setores foram responsáveis por US$ 40,92 bilhões em importações e US$ 19,56 bilhões em exportações, ocasionando um déficit externo da ordem de US$ 21,36 bilhões.

"O déficit do comércio exterior paulista só não foi bem maior devido ao desempenho do agronegócio estadual, cujo saldo se manteve positivo e crescente", disse o pesquisador, ressaltando que as exportações do agronegócio tiveram, neste ano, um incremento de participação no total do Estado de 4,5 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano passado.