22°
Máx
16°
Min

Bancários e bancos não chegam a acordo; greve continua

(Foto: Joka Madruga / SEEB) - Bancários e bancos não chegam a acordo; greve continua
(Foto: Joka Madruga / SEEB)

Os bancários decidiram continuar com a greve da categoria após não chegarem a um acordo com os bancos para o reajuste salarial. Foram dois dias de negociação, com encerramento nesta quarta-feira (28), na tentativa de encerrar a paralisação. No entanto, os trabalhadores rejeitaram a proposta dos bancos de 7% de reajuste salarial mais abono de R$ 3,5 mil em 2016 e mais 0,5% de aumento real em 2017.

Os sindicatos dos bancários de todo o país se preparam para a realização de assembleias na próxima segunda-feira (3), para debater os rumos do movimento. O Comando Nacional dos Bancários informou que continuam à disposição da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para negociar uma nova proposta.

Ontem (28), a greve completou 23 dias. Segundo o Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região, são 385 agências paralisadas - sendo cinco financeiras - e sete centros administrativos.