22°
Máx
17°
Min

Banco Central amplia acesso do sistema 'Registrato' a pessoas jurídicas

O Banco Central ampliou às empresas o acesso ao "Registrato - Extrato do Registro de Informações no Banco Central". O sistema, antes restrito a pessoas físicas, agora permite que pessoas jurídicas também extraiam relatórios sobre suas informações financeiras.

O anúncio do lançamento foi feito nesta segunda-feira, 16, pelo Diretor de Fiscalização do Banco Central, Anthero de Moraes Meirelles, na abertura da Semana Nacional de Educação Financeira. Com a ampliação, as informações podem ser coletadas de forma segura, pela internet, sem que seja necessário deslocamento às representações do BC.

As empresas poderão utilizar o Registrato para obter informações sobre seus relacionamentos com instituições financeiras, presentes no Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro (CCS), e sobre suas operações de crédito, por meio do Sistema de Informações de Crédito (SCR).

O Registrato foi lançado em novembro de 2014 e é um dos principais sistemas de atendimento ao público do BC. Com essa possibilidade, o volume de relatórios entregues aos cidadãos evoluiu de 30,3 mil em 2013 para 157,7 mil relatórios em 2015. Até abril, foram 63,2 mil relatórios neste ano.

A nova página do Registrato pode ser acessada aqui.