24°
Máx
17°
Min

BB quer ampliar QR-Code de segurança em internet banking para 6 milhões

O Banco do Brasil quer ampliar a solução de segurança para internet banking baseada em QR-Code, ferramenta que conjuga código de barras e criptografia, para novos seis milhões de clientes. Numa etapa inicial, o BB Code será oferecido para 2,4 milhões de clientes do banco, usuários frequentes de autoatendimento na internet e pelo mobile. Até agora, a ferramenta possui 500 mil adesões.

O BB Code foi desenvolvido por funcionários cadastrados no Programa de Bolsas de Mestrado e Doutorado da Universidade Corporativa do Banco do Brasil (UniBB) e usa como base a tecnologia conhecida como QR-Code (código de barras bidimensional) e criptografia. Desde a criação da ferramenta, em 2012, não há registro de fraudes no seu uso. A ferramenta pode ser baixada em smartphones.

Além da segurança adicional, o BB Code amplia em até três vezes o limite diário de suas transações e dispensa o cadastramento dos computadores para ter acesso à conta. Outra vantagem é a extensão do horário para pagamentos até as 23h45, além do não bloqueio de senhas quando do uso de computadores infectados.

O processo de habilitação foi simplificado e se dá por meio da aceitação pelo cliente da oferta no internet banking, sem a necessidade de comparecimento às agências do BB, transação de confirmação em terminal eletrônico ou envio de formulários aos sistemas do banco.

Os clientes selecionados para a oferta, ao acessarem sua conta pela internet, vão receber uma mensagem com um QR-Code, informando que ele está apto a instalar o BB Code em uma única etapa, a partir da captura da imagem e confirmação no smartphone.

Boletos

O BB também quer ampliar para 30% o uso do Débito Direto Autorizado (DDA), uma espécie de boleto eletrônico que tem objetivo de agilizar a comunicação de gastos com o cliente e reduzir a impressão de boletos. Atualmente, 11% da cobrança do BB é liquidada nessa modalidade. Lançado em 2009, o DDA pretende substituir gradualmente os boletos de papel pela cobrança em meio virtual.

Nos últimos 12 meses (junho/2015 a maio/2016), a economia com impressão e postagem chegou a mais de R$ 30 milhões. Nesse período, foram mais de 54 milhões de boletos via DDA.

A avaliação do BB é que isso representa benefícios ao meio ambiente, como a economia estimada de energia da ordem de 1.276.345 kw/h, o que abasteceria, durante um ano, uma pequena cidade de 1.064 habitantes. A economia com água é de 25.526.909 litros, o que abasteceria por ano uma cidade com 2.331 habitantes. Com a medida, o BB também deixou de emitir 4.084 toneladas de CO2.