23°
Máx
12°
Min

BC da Hungria é o 1º emergente a cortar taxa de juros para território negativo

O Banco Central da Hungria anunciou na terça-feira a redução na taxa de depósito de 0,1% para -0,05%. Com isso, tornou-se o primeiro emergente a levar a taxa de juros para território negativo.

Na avaliação da Capital Economics, a inflação e o crescimento fracos devem tornar o ciclo de relaxamento monetário no país mais prolongado. Segundo ela, a taxa de juros terá um papel maior para determinar as condições monetárias no país, nesse contexto. A Capital Economics disse que, ainda que a previsão do BC seja de 1,7% de inflação neste ano, ela deve ficar na verdade bem abaixo disso, talvez mesmo em território negativo.