23°
Máx
12°
Min

BC do Japão deve manter taxa de depósitos na próxima semana, diz assessor de Abe

Um assessor próximo do primeiro-ministro do japonês, Shinzo Abe, previu que o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) não deverá cortar ainda mais sua taxa de depósitos, já em nível negativo.

"Não acho que o BoJ vá reduzi-la mais, por enquanto", disse Etsuro Honda, embaixador do Japão na Suíça, em entrevista ao The Wall Street Journal.

Em fevereiro, o BC japonês começou a impor uma taxa de -0,1% sobre alguns depósitos de bancos comerciais, numa medida complementar ao seu programa de compra de bônus do governo (JGB, na sigla em inglês), que totaliza 80 trilhões de ienes (cerca de US$ 780 bilhões) por ano.

Alguns economistas acreditam que o BoJ poderá reduzir a taxa na reunião de terça e quarta-feira (20-21), uma vez que o BC japonês está ficando sem bônus para comprar como parte de sua campanha de gerar inflação.

Honda também previu que o BoJ não deverá reduzir suas compras de bônus na próxima semana, mas sugeriu que eventuais compras de bônus estrangeiros seriam uma opção. Fonte: Dow Jones Newswires.