28°
Máx
17°
Min

BC mantém juros em 14,25% ao ano e destaca incerteza na aprovação de ajustes

O Banco Central decidiu manter, em decisão unânime e pela oitava vez, a taxa básica de juros da economia em 14,25% ao ano. A reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) foi a primeira com Ilan Goldfajn na presidência do BC e quatro novos diretores. No comunicado divulgado após a decisão, maior do que o habitual, o Copom destaca que ainda há riscos no processo de queda da inflação, principalmente no que diz respeito às perspectivas para os preços no curto prazo e às incertezas quanto à aprovação dos ajustes necessários na economia.

O mercado financeiro já apostava na manutenção da Selic, que já está parada há um ano neste patamar. Além da divulgação de um comunicado maior, o anúncio da Selic foi realizado mais cedo, por volta das 18h.

Além disso, ficou definido que a ata do encontro, que detalha a decisão do colegiado, será publicada na próxima terça-feira, 26. Este será o novo padrão, já que até agora o documento era divulgado apenas às quintas-feiras da semana seguinte ao encontro.