23°
Máx
12°
Min

BC muda horário de reuniões do Copom e data de divulgação de ata

O Banco Central informou nesta terça-feira, 12, mudanças em relação às reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom), que ocorrem, em média, a cada 43 dias, para definir a taxa básica de juros do País (Selic), atualmente em 14,25% ao ano. De acordo com o BC, o segundo dia dos encontros terá início às 14h30. Atualmente, os encontros começam por volta das 16h30. Já o resultado do encontro será divulgado a partir das 18 horas, imediatamente após o término da reunião. Não foi preestabelecido, no entanto, um horário para o fim do encontro nem para a decisão do colegiado. Na teoria, as decisões serão anunciadas mais cedo do que são hoje, já que as reuniões duram em torno de três horas.

Também a partir de agora, a ata da reunião do Copom será divulgada às 8h30 das terças-feiras seguintes ao encontro. Desde a implantação do regime de metas de inflação, esse documento era divulgado às quintas-feiras, já que a norma dizia que a publicação deveria ocorrer em até seis dias úteis após a decisão.

Conforme a assessoria de imprensa do BC, o objetivo das mudanças é aprimorar a comunicação da instituição. O fato de haver uma antecipação da divulgação da ata também tende a reduzir ruídos entre a decisão e o detalhamento.

Como a medida entra em vigor hoje, o próximo encontro do colegiado, marcado para os dias 19 e 20 deste mês, já será neste formato. Além da nota à imprensa, o BC publicou uma circular (3.802) com as alterações no BC Correio, sistema de troca de informações entre a autarquia e o mercado financeiro. A circular foi assinada pelos novos diretores de Política Monetária, Reinaldo Le Grazie, e de Política Econômica, Carlos Viana de Carvalho. Em seu discurso de transmissão de cargo, o presidente do BC, Ilan Goldfajn, disse que a comunicação é um elemento essencial para a instituição e que, por isso, deveria ser tratada de forma "simples, direta e concisa".