24°
Máx
17°
Min

BC tem plena autonomia para definir a taxa de juros, diz Temer

Para evitar especulação após a fala do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, sobre a taxa de juros do País no dia em que o Comitê de Política Monetária (Copom) está reunido e vai anunciar sua decisão, o presidente em exercício, Michel Temer, afirmou que o "BC tem plena autonomia para definir a taxa de juros".

Por meio de sua assessoria, o presidente em exercício afirmou que "a política monetária tem como prioridade combater a inflação e este é o objetivo principal de seu governo".

Mais cedo, Padilha afirmou que agrada o presidente uma queda na taxa de juros e destacou que o próprio mercado financeiro prevê que o BC reduzirá a taxa até o final do ano. "Isso agrada o presidente, ele vê com bons olhos, mas temos que respeitar a autonomia do Banco Central, se pudermos corresponder essa expectativa, será ótimo", disse.