22°
Máx
17°
Min

Bolsas da Europa caem, com setor de turismo pressionado por ataque em Nice

As bolsas europeias fecharam em queda nesta sexta-feira, 15, com exceção de Londres, pressionadas pelo setor de turismo, que sofreu um baque após o ataque na França na noite de ontem. O índice pan-europeu Stoxx 600 recuou 0,17% e fechou aos 337,92 pontos. No acumulado da semana, entretanto, o índice apresentou alta de 3,22%, o maior avanço semanal desde maio.

Na noite de ontem, na cidade de Nice, um caminhão atropelou uma multidão em meio aos festejos do Dia da Bastilha e deixou pelo menos 84 pessoas mortas e um número incerto de feridos. Com o mercado cauteloso, uma vez que ninguém reivindicou a autoria do ataque até o momento, as ações das empresas do setor de turismo lideraram as perdas. Devido à tragédia, as companhias aéreas permitiram que os turistas alterassem suas passagens sem custo adicional.

O CAC 40, de Paris, recuou 0,30% e fechou aos 4.372,51 pontos, com os papéis ligados ao setor de turismo liderando as perdas. A rede hoteleira Accor - dona das marcas Sofitel, Mercure e Ibis, entre outras - caiu 3,04%. Mesmo com a queda de hoje, o índice apresenta alta de 4,34% no acumulado da semana.

Em Milão, o FTSE Mib caiu 0,29% e fechou o dia aos 16.748,59 pontos. As ações do mercado de luxo perderam valor com o ataque na França. A Moncler recuou 1,64%, a Luxottica 0,75% e a Salvatore Ferragamo, 0,26%. No acumulado da semana, o índice subiu 4,25%.

Frankfurt fechou em leve queda de 0,01%, com o DAX indo a 10.066,90 pontos. Dados positivos da economia dos Estados Unidos ajudaram a apagar as perdas da manhã, mas as ações do setor automobilístico insistiram em cair após o Reino Unido apresentar queda na venda de carros em junho. A Volkswagen recuou 0,94%, a Daimler 0,17% e a BMW 0,11%. Impactada pelo ataque na França, a Lufthansa caiu 0,83%. Na semana, o DAX acumulou alta de 4,54%.

Em Madri, o Ibex 35 perdeu 0,25% e fechou aos 8.531,00 pontos, com o NH Hotel Group recuando 1,55%. Os bancos também tiveram queda, com o Santander caindo 0,31% e o Banco Popular Español cedendo 1,34%. Na semana, o Ibex 35 acumulou alta de 4,22%.

O PSI 20, de Lisboa, teve a queda mais acentuada, de 0,51%, e fechou aos 4.561,75 pontos, com o Banco Comercial Português cedendo 2.53%. No acumulado da semana, o índice teve alta de 2,38%.

Londres foi a exceção dentre os principais índices e fechou em alta de 0,22%, com o FTSE 100 encerrando em 6.669,24 pontos, na máxima do dia. As ações de mineradoras compensaram as perdas do setor turístico, com a Thor Mining fechando em alta de 16,00%. No turismo, a EasyJet recuou 2,65% e a TUI, empresa que atua no setor, perdeu 1,13%. Na semana, o FTSE 100 subiu 1,19%. (Com informações da Dow Jones Newswires)