21°
Máx
17°
Min

Bolsas da Europa fecham em alta com expectativa por teste de estresse e balanços

As principais bolsas da Europa fecharam nesta sexta-feira, 29, em alta, com o setor bancário subindo com a expectativa pelos resultados do teste de estresse do Banco Central Europeu (BCE). Os investidores também reagiram a novos balanços corporativos divulgados hoje.

Nesta sexta-feira, os investidores estão de olho no teste de estresse de 51 bancos da zona do euro, que sai mais tarde. Esses testes são usados como base para identificar quais instituições podem precisar de mais capital para superar uma nova crise econômica. Os resultados dos bancos italianos serão um foco particular para os investidores.

Com esse cenário, o índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,71%, aos 341,89 pontos. Na semana, a alta acumulada foi de 0,45%; no mês, o índice subiu 3,64%, o melhor avanço mensal desde outubro do ano passado.

Em Milão, o FTSE Mib subiu 1,96% e fechou aos 16.846,86 pontos, com os bancos puxando o índice. O Monte dei Paschi di Siena avançou 6,28% após comunicar ter recebido propostas de auxílio do UBS Group e de um executivo proeminente que já foi ministro do governo. O Intesa Saonpaolo subiu 3,52% e o UniCredit 5,89%. Na semana, o índice subiu 0,41% e no mês 5,64%.

O Ibex 35, de Madri, que também tem o setor bancário fortemente representado, subiu 1,27% e fechou aos 8.587,20 pontos. Na semana, no entanto, o índice fechou em queda de 0,15%. No mês, o avanço foi de 5,95%. O banco Bilbao Vizcaya e o Banco de Sabadell avançaram 3,71% e 2,51%, respectivamente.

Em Londres, o FTSE 100 ficou quase estável, fechando em alta de 0,05%, aos 6.724,43 pontos. Na semana, o índice acumulou queda de 0,09%, mas no mês avançou 5,73%. O Lloyds Banking Group subiu 1,24%, enquanto o Barclays disparou 5,49%.

O DAX, de Frankfurt, avançou 0,61% e fechou aos 10.337,50 pontos, puxado pelos balanços corporativos. Na semana, o DAX subiu 1,87% e no mês 7,54%. A Heidelberg Cement reportou forte lucro líquido no segundo trimestre e viu as ações subirem 3,19% hoje. Entre os bancos, o Deutsche Bank subiu 0,97% e o Commerzbank 3,55%.

Paris e Lisboa fecharam nas máximas do dia: o CAC 40 avançou 0,44%, fechando aos 4.439,81 pontos, enquanto o PSI 20 subiu 1,42%, aos 4.747,72 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires