28°
Máx
17°
Min

Bolsas da Europa fecham em alta; Stoxx 600 apaga perdas do Brexit

As principais bolsas da Europa fecharam nas máximas nesta quinta-feira, 11, impulsionadas pela recuperação dos preços do petróleo e por balanços corporativos. O índice pan-europeu Stoxx 600 chegou hoje ao mesmo patamar que estava na véspera do Reino Unido optar por sair da União Europeia (Brexit), zerando as perdas geradas pelo sentimento de incerteza dos investidores e subindo aos 346,66 pontos, alta de 0,78% em relação a ontem.

O petróleo passou a subir hoje após o ministro de Energia da Arábia Saudita, Khalid al-Falih, dizer que os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) podem discutir uma ação para estabilizar o preço da commodity na reunião de setembro. A fala impactou o mercado, uma vez que o país registrou níveis recorde de produção em julho.

Em Londres, o índice FTSE 100, que é fortemente influenciado por movimentos do petróleo, fechou em alta de 0,70%, aos 6.914,71 pontos. A British Petroleum subiu 2,20% e a Royal Dutch Shell 1,03%, em meio à aceleração da commodity. Já a Coca-Cola Hellenic Bottling Plant saltou 7,00% após divulgar balanço melhor que o esperado. Nesta sexta-feira, dados da China e o PIB da Alemanha podem influenciar o índice.

No DAX, de Frankfurt, o fator de maior influência foram os resultados corporativos de diversas empresas listadas no índice. O índice fechou em alta de 0,86%, aos 10.742,84 pontos, puxado pelos papéis da RWE, que subiram 4,05%, e da Zalando, que avançaram 5,40%. A última mais que dobrou o lucro líquido no segundo trimestre.

Em Milão, o FTSE Mib subiu 1,06% e foi aos 16.969,69 pontos, com as ações ligadas a energia apresentando os maiores ganhos. A Saipem e a Eni avançaram 2,69% e 1,41%, respectivamente. O setor bancário terminou o dia com sinais mistos, com o UniCredit subindo 2,15% e o Mediobanca recuando 1,00%.

O CAC 40, de Paris, encerrou o dia em alta de 1,17%, aos 4.503,95 pontos, com a empresa de óleo e gás Total S.A. avançando 1,09%. No entanto, quem liderou os ganhos foi a construtora Vinci, que subiu 2,91%.

Já Madri avançou 0,70%, com o Ibex 35 subindo aos 8.719,50 pontos. Em Lisboa, o PSI 20 subiu 0,64%, aos 4.818,07 pontos. (Com informações da Dow Jones)