24°
Máx
17°
Min

Bolsas da Europa fecham majoritariamente em queda, pressionadas por montadoras

Os principais índices acionários europeus fecharam majoritariamente em queda nesta terça-feira, 17, com os ganhos das mineradoras contrabalançados pelo desempenho negativo das ações das fabricantes de automóveis, que sofreram com o rebaixamento de recomendações por parte de bancos. O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou estável, com queda marginal de 0,01 ponto, aos 334,72 pontos.o

O setor de mineração foi beneficiado pela alta nas praças asiáticas e também pela queda relativa do dólar ante boa parte das demais moedas. Em Londres, a Rio Tinto registrou alta de 1,09%, enquanto a Anglo American subiu 3,15%. Como resultado, o índice FTSE-100 destoou e fechou em alta de 0,27%, aos 6.167,57 pontos, beneficiado também pelas ações de construtoras como a Taylor Wimpey (+4,71%).

As montadoras europeias, por outro lado, tiveram um dia negativo na esteira de revisões da recomendação por parte de bancos. De acordo com a CNBC, um relatório do HSBC cortou a recomendação do setor de neutro para underweight. O documento pesou sobre todas as ações do setor, levando a Volkswagen a cair 2,67% e a BMW a recuar 3,00%. Na Itália, a Fiat Chrysler (-6,67%) também foi rebaixada para underperform pela Exane BNP Paribas.

Em Frankfurt, o índice DAX caiu 0,63%, aos 9.890,19 pontos, pressionado também pelo bom desempenho da inflação nos Estados Unidos em abril, que eleva as chances de que o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) eleve os juros. Em Paris, o CAC-40 caiu 0,34%, aos 4.297,57 pontos. A Peugeot e a Renault lideraram as perdas, cedendo 4,10% e 3,05%, respectivamente.

Em Milão, o índice FTSE-Mib caiu 1,34%, aos 17.498,88 pontos. O destaque ficou com os papéis do Banco Popolare (-6,56%) e da Banca Popolare di Milano (-5,48%), que recuaram com dúvidas sobre seus respectivos planos de aumento de capital.

Em Madri, o Ibex-35 se recuperou ao longo do dia e fechou em alta de 0,19%, aos 8.698,70 pontos. Em Lisboa, o PSI-20 caiu 0,13%, aos 4.850,73 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires)