28°
Máx
17°
Min

Bolsas de NY divergem no final; ações de empresas de turismo caem com ataque

As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam sem direção definida nesta terça-feira, 22, mas as empresas relacionadas a serviços de turismo viram seus papéis recuarem após os ataques terroristas que mataram dezenas na Bélgica.

O índice Dow recuou 0,23%, para 17.582,57 pontos; o Nasdaq ganhou 0,27%, encerrando em 4.821,66 pontos; e o S&P 500 caiu 0,09%, para 2.049,80 pontos.

Nos últimos anos, os mercados financeiros têm se recuperado de forma rápida após ataques contra cidades ocidentais. Os mercados de ações, bônus e ouro não se abalaram muito com os atentados de Paris em novembro do ano passado, por exemplo.

"A menos que vejamos um outro ataque depois deste, ou um atentado em um grande centro metropolitano, eu não acho que os mercados vão reagir", disse Keith Bliss, vice-presidente da Cuttone & Co.

Parte da razão para a quase nula reação dos mercados foi o baixo volume negócios durante a semana mais curta em decorrência da Páscoa, disse Peter Costa, presidente da Empire Executions. "Eu acho que muita gente recuou no mercado de uma vez", completou.

As ações de companhias de turismo e lazer, no entanto, caíram depois das explosões que atingiram o aeroporto internacional de Bruxelas e uma estação de metrô perto de instituições da União Europeia na manhã desta terça-feira.

Nos EUA, a Delta Airlines viu seus papéis caírem 1,46%, a American Airlines recuou 1,63%, a Royal Caribbean Cruises perdeu 2,86% e a Carnival caiu 2,07%. Fonte: Dow Jones Newswires