28°
Máx
17°
Min

Bolsas de NY fecham em alta, com rali do petróleo e dados positivos dos EUA

As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam em alta nesta sexta-feira, 4, e registraram a terceira semana seguida de ganhos, com uma diminuição dos temores de uma recessão da economia norte-americana. O rali dos preços do petróleo também influenciou os índices.

Os setores de energia e materiais foram os que mais ganharam. Hoje, o petróleo WTI para abril fechou com alta de US$ 1,35 (3,90%), a US$ 35,92 por barril na Nymex, o fechamento mais alto desde 5 de janeiro. Com isso o contrato está 37% acima da mínima deste ano, atingida no mês passado. Na ICE, o Brent para maio avançou US$ 1,02 (4,42%), para US$ 38,72 por barril, o nível mais alto desde 10 de dezembro.

Como resultado, o Dow Jones fechou em alta de 62,87 pontos (0,37%), aos 17.006,77 pontos, com ganho de 2,20% na semana - foi a primeira vez que o índice fechou acima dos 1.700 pontos em três meses; o Nasdaq terminou em alta de 9,60 pontos (+0,20%), aos 4.717,02 pontos, e ganho de 2,76% na semana; e o S&P 500 terminou com ganho de 6,59 pontos (0,33%), aos 1.999,99 pontos, e alta de 2,67% na semana.

Embora o sentimento tenha melhorado, os investidores permanecem cautelosos, e não estão dispostos a fazer grandes apostas em ações, e, em vez disso, procuram ativos considerados mais seguros, como treasuries e ouro.

Nesta sexta-feira, os dados mostraram que mais empregos foram criados nos EUA em fevereiro do que se esperava, a última indicação de que as preocupações sobre a saúde da economia norte-americana podem ter sido exageradas.

"Houve muita preocupação sobre a força da expansão da economia dos EUA, e nas últimas semanas temos visto melhores dados econômicos. O relatório de emprego confirma que os dados estão ficando um pouco mais fortes", disse David Lefkowitz, estrategista da UBS Wealth Management Research.

Mesmo assim, as preocupações persistem. Investidores ansiosos continuam a focar ativos considerados seguros. O ouro e os treasuries também subiram na sessão de hoje.

Além disso, os ganhos das companhias do S&P 500 caíram 3,4% no quarto trimestre do ano passado, no terceiro recuo trimestral consecutivo, de acordo com a Facset. As expectativas para o primeiro trimestre também são amargas. Espera-se que os ganhos recuem 8%, ainda de acordo com a Facset.

Na sessão de hoje, as companhias de energia observaram ganhos com o rali do petróleo e o setor registrou uma alta de 5,8% no dia. A Chevron avançou 0,46% e a Chesapeak Energy disparou 18,97%. (Com informações da Dow Jones Newswires)