23°
Máx
12°
Min

Bolsas de NY fecham em leve queda ante especulações sobre alta de juros nos EUA

As bolsas norte-americanas recuaram na última sessão da semana, em meio a uma mudança nas expectativas sobre a proximidade do próximo aumento de juros nos Estados Unidos. Dow Jones encerrou nesta sexta-feira, 19, em queda de 0,24%, aos 18.552,57 pontos; S&P 500 caiu 0,14%, aos 2.183,87 pontos, e Nasdaq cedeu 0,03%, aos 5.238,38 pontos.

Apesar do movimento, o índice de tecnologia acumulou alta de 0,10% na semana, garantindo a oitava semana consecutiva de alta. Por outro lado, Dow Jones teve queda de 0,13% na semana e S&P 500, de -0,01%.

O pregão desta sexta-feira foi esvaziado pela falta de indicadores e eventos importantes. Segundo operadores, o volume de negociação deve ser pequeno nos próximos dias da semana que vem, em meio ao fim da temporada de balanços e a temporada de férias no Hemisfério Norte.

"Após semanas subindo cada vez mais, o mercado está em falta de novos catalisadores", disse Brett Mock, diretor-gerente da corretora JonesTrading Institutional Services. "Ainda estamos em um mercado guiado pelas políticas monetárias."

Segundo operadores, as atenções estão voltadas agora para o simpósio anual de Jackson Hole, na semana que vem, onde a presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Janet Yellen, deve fazer um discurso na terça-feira, dia 23.

Nesta sessão, os operadores avaliaram os comentários de dirigentes do Fed como John Williams, do escritório de San Francisco, para quem o BC norte-americano deveria elevar os juros "antes do que tarde". As declarações deram impulso ao dólar e fizeram crescer a expectativa de um aperto monetário ainda este ano.

Segundo o CME Group, as apostas feitas por investidores nos futuros dos FED funds implicam uma chance de pouco mais de 50% de uma elevação na reunião de dezembro, de 46,9% nesta quinta-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.