23°
Máx
12°
Min

Bolsas de NY fecham sem direção definida em dia de baixo volume de negócios

As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam sem direção definida nesta segunda-feira, 28, em um dia de baixo volume de negócios, às vésperas de uma enxurrada de dados e do posicionamento de carteira do final do mês, esperados para essa semana.

Os investidores vão receber leituras da produção manufatureira e do sentimento dos consumidores, bem como o relatório de empregos de março, que sai na sexta-feira de manhã. Os dados serão monitorados de perto, na sequência de uma semana de fortes especulações sobre quando será a próxima elevação de juros pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA).

Traders atribuíram o baixo volume de negócios ao fato de que alguns mercados importantes permaneceram fechados - como Frankfurt, Londres e Hong Kong -, na esteira do feriado de Páscoa.

No final do mês, instituições geralmente vendem ações para liberar caixa para distribuições. Gestores de dinheiro também tendem a vender e comprar ações em grandes quantidades no final do mês para compensar grandes movimentos em suas alocações setoriais.

Hoje, dados mostraram que o consumo das famílias norte-americanas subiu ligeiramente no primeiro bimestre do ano, e os gastos com consumo pessoal - o indicador de inflação preferido do Fed - caíram 0,1% em janeiro e subiram 1,0% em fevereiro, nas leituras anuais.

O índice Dow Jones subiu 0,11%, para 17.535,39 pontos. O Nasdaq perdeu 0,14%, encerrando em 4.766,79 pontos. O S&P 500 avançou 0,05%, terminando em 2.037,05 pontos.

Os ganhos do setor de consumo discricionário e de materiais foram mitigados pela fraqueza dos setores de serviços públicos e energia.

O petróleo Brent para maio negociado na Intercontinental Exchange (ICE) fechou em queda de 0,42%, a US$ 40,27 por barril. Já o barril WTI para o mesmo mês cedeu 0,18%, a US$ 39,39, na New York Mercantile Exchange (Nymex).

Entre os maiores ganhadores estão o Marriott International, que viu seus papéis avançarem 3,93%; a General Electric, que subiu 1,22%; e a 3M, que ganhou 1,11%. Já no terreno negativo, a Chevron caiu 0,18%. Fonte: Dow Jones Newswires