24°
Máx
17°
Min

Bolsas europeias divergem no fechamento à espera do Fed

Os principais índices acionários europeus encerraram sem direção única nesta quarta-feira, 16, com investidores aguardando a decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). A cautela antes do comunicado fez o índice pan-europeu Stoxx 600 encerrar praticamente estável, com leve alta de 0,02%, aos 340,93 pontos.

Poucos esperam que o Fed tome alguma ação na reunião de hoje. Analistas e gestores aguardam, no entanto, as novas projeções econômicas da instituição, especialmente o gráfico de pontos, que sinaliza a tendência dos juros no futuro. Além disso, a presidente Janet Yellen irá dar entrevista após a reunião.

Na espera pelo Fed, os mercados tiveram um pregão de volatilidade, reagindo ao noticiário dia. Pela manhã, o ministro das finanças do Reino Unido, George Osborne, anunciou um corte nas projeções de crescimento do país em meio a um cenário econômico global mais fraco. Por outro lado, o forte avanço dos preços do petróleo, de mais de 3% tanto em Londres como em Nova York, impulsionou as ações de energia da região, como a britânica Tullow Oil (+7,86%), a francesa Total (+0,92%) e a italiana Eni (+1,29%).

As praças europeias também se enfraqueceram após a divulgação de dados positivos da inflação e do setor imobiliário nos Estados Unidos, que elevam chances de o Fed elevar os juros mais adiante.

Em Londres, o índice FTSE-100 encerrou em alta de 0,58%, aos 6.175,49 pontos. O bom desempenho do setor de energia foi contrabalançado pelas ações das operadoras de viagens, como a TUI (-5,40%), que recuaram após a ação da polícia na Bélgica contra terroristas, que acabou em tiroteio. Já em Frankfurt, o DAX avançou 0,50%, aos 9.983,41 pontos. Os papéis da BMW (+3,86%)lideraram os ganhos após a montadora afirmar que espera uma leve alta dos lucros antes de impostos nesse ano.

Na França, o índice CAC-40 da bolsa de Paris fechou em queda de 0,22%, aos 4.463,00 pontos. Já em Milão, o FTSE-Mib cedeu 0,18%, aos 18.731,75 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 fechou em queda de 0,28%, aos 8.962,80 pontos. Já em Lisboa, o PSI-20 subiu 2,15%, aos 5.110,62 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires)