22°
Máx
14°
Min

Bolsas europeias fecham em alta com euro mais fraco e desempenho de bancos

As praças financeiras da Europa fecharam em forte alta nesta terça-feira, 24, beneficiadas pelo enfraquecimento do euro em relação ao dólar e pelo desempenho positivo do setor bancário. O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 2,21%, aos 344,12 pontos.

Tanto o dólar como os bancos sobem com expectativas crescentes de que os Estados Unidos possam elevar os juros nas próximas reuniões, uma perspectiva renovada por comentários feitos nos últimos dias por dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) e também pela divulgação, hoje, das vendas de moradias novas nos Estados Unidos, que subiram ao ritmo mais forte desde janeiro de 2008.

Na Europa, o movimento beneficia as empresas exportadoras, principalmente na Alemanha. As ações da Volkswagen subiram 2,79%, enquanto as da MBW avançaram 1,89% e as da Heidelberg Cement tiveram ganho de 1,94%, ignorando a queda do índice ZEW de confiança econômica no mês. Como resultado, o índice DAX fechou em alta de 2,18%, aos 10.057,31 pontos.

"A leitura de hoje do ZEW é consistente com nosso cenário base de que a economia alemã vai crescer a uma saudável taxa de 0,5% no segundo trimestre, ainda que desacelerando dos 0,7% registrados no primeiro trimestre", disseram economistas do Barclays, em nota.

As ações do setor bancário continuaram se beneficiando no pregão de hoje da perspectiva de normalização monetária nos Estados Unidos. Juros baixos vinham pressionado os lucros das instituições financeiras. Entre os maiores ganhadores do pregão, estão Banca Monte dei Paschi di Siena (+10,5%), Société Générale (+5,40%), Barclays (+3,24%) e Commerzbank (+2,40%).

Em Londres, o índice FTSE-100 fechou em alta de 1,35%, aos 6.219,26 pontos. Em Paris, o CAC-40 subiu 2,46%, aos 4.431,52 pontos. A alta no preço do petróleo ajudou as ações da Total subirem 1,75%, enquanto a ArcelorMittal avançou 3,34%.

Em Madri, o Ibex-35 subiu 2,34%, aos 8.918,10 pontos. Em Lisboa, o PSI-20 teve ganho de 0,92%, aos 4.874,67 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires)