27°
Máx
13°
Min

Bolsas fecham em queda em NY, com investidores digerindo dados de emprego

Os principais índices acionários de Nova York fecharam em queda nesta sexta-feira,7, com Wall Street digerindo o relatório de emprego (payroll) de setembro mais fraco do que o esperado e reagindo à queda dos preços do petróleo.

O Dow Jones fechou em queda de 0,15%, aos 18.240,49 pontos, e também acumulou perdas na semana, de 0,37%. Já o S&P 500 recuou 0,33%, aos 2.153,74 pontos, e perdeu 0,67% na semana. O Nasdaq caiu 0,27% e fechou aos 5.292,41 pontos, queda acumulada de 0,37% na semana.

As ações estáveis que pagam dividendos lideraram as perdas, com os investidores se acostumando à ideia de que é provável um aumento dos juros nos EUA antes do fim do ano. Num primeiro momento, os dados mais fracos do que o esperado do payroll levaram certa volatilidade aos ativos, mas muitos analistas passaram a ponderar que o indicador não foi fraco o suficiente para mudar a percepção de aperto monetário em dezembro.

Os dados do Departamento de Trabalho mostraram que a economia norte-americana criou 156 mil vagas em setembro, o ganho mais modesto desde maio. O número ficou abaixo da previsão de 170 mil feita por analistas consultados pelo Wall Street Journal. A taxa de desemprego também registrou leve avanço, para 5,0%, de 4,9% em agosto, uma consequência do avanço da taxa de participação na força de trabalho, que subiu de 62,8% para 62,9%.

Além disso, os preços do petróleo tiveram queda nesta sessão, após a Rússia esfriar a possibilidade de entrada no acordo preliminar anunciado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de corte na produção. A queda da commodity pressionou o setor de energia, que caiu 0,46%, mas afetou ainda mais o setor industrial, que recuou 1,21%.

Segundo operadores, no entanto, a queda não foi inesperada devido à falta de convicção acerca dos ganhos recentes do petróleo. "A expectativa é de que a commodity vai cair novamente", afirmou Kent Engelke, estrategista-chefe da Capitol Securities Management. Fonte: Dow Jones Newswires