22°
Máx
14°
Min

Bolsas fecham em queda em NY, lideradas por perdas das ações de tecnologia

(Foto: Rafael Matsunaga/Fotos Públicas) - Bolsas fecham em queda em NY, lideradas por perdas das ações de tecnologia
(Foto: Rafael Matsunaga/Fotos Públicas)

Uma liquidação de ações no setor de tecnologia, que acontece já há algumas sessões, se aprofundou nesta sexta-feira, 29, levando os índices acionários de Nova York a registrar sua pior semana desde fevereiro.

O movimento fez os três principais índices a acumularem queda na semana, embora o Dow Jones e o S&P 500 tenham fechado o mês no positivo. Ainda assim, analistas e operadores começam a se questionar se o sentimento sobre o mercado em geral pode estar mudando.

De um lado, os contratos futuros de petróleo voltaram a operar acima do patamar de US$ 45 por barril, beneficiando as ações ligadas ao setor de energia. Por outro, o segmento de tecnologia, que tem o maior peso dentro do índice S&P 500, registra perdas pela segunda semana seguida, e com poucos sinais de melhora.

Uma série de resultados trimestrais decepcionantes de companhias como Microsoft (-0,06%) e Apple (-1,15%) tem levado investidores a se desfazer dessas ações. O segmento de tecnologia já é o de pior performance nos Estados Unidos este ano.

"O setor de tecnologia é bastante vibrante e todo mundo tem bastante consideração", disse Dan Morgan, analista de portfólio da Synovus Trust. "Com o fato de que os balanços não foram tão bons quanto muitos esperavam, talvez o sentimento geral do mercado possa mudar."

As ações do segmento de biotecnologia também registraram grandes perdas na sessão de hoje. O destaque ficou com os papéis da Gilead Sciences, que caíram 9,06% após a companhia anunciar que as vendas de seu medicamento para hepatite C caíram no trimestre.

O Dow Jones fechou em queda de 0,32%, aos 17.773,64 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,51%, aos 4.065,30 pontos e o Nasdaq cedeu 0,62%, aos 4.775,36 pontos. Na semana, os índices acumulam perda de, respectivamente, 1,28%, 1,26% e 2,67%. No acumulado de abril, Dow Jones teve ganho de 0,50% e S&P 500, +0,27%. O Nasdaq perdeu 1,94% no mês. Fonte: Dow Jones Newswires