26°
Máx
19°
Min

Bovespa cai mais de 2% e segue abaixo de 42 mil pontos reagindo à Moody's

A Bovespa perdeu nesta quarta-feira, 24, o patamar de 42 mil pontos em reação ao rebaixamento de rating do Brasil pela Moody's a grau especulativo. A queda das commodities também pesa negativamente no mercado interno e externo.

A Moody's cortou a nota brasileira em dois níveis, de Baa3 para Ba2, com perspectiva negativa. De acordo com a agência, a dinâmica política doméstica é desafiadora e isso complicará os esforços de consolidação fiscal.

No exterior, os contratos futuros de petróleo ampliam as perdas nesta manhã após um aumento dos estoques nos EUA. A fragilidade da commodity contamina as bolsas da Europa e os futuros de Nova York. Com a queda no apetite por risco, os metais básicos também cedem.

Às 10h47, o Ibovespa recuava 2,01%, aos 41.666,52 pontos. As ações da Petrobras perdiam mais de 3%; Vale PNA cedia 5,44% e a ON, -5,41%; e, entre as siderúrgicas, Gerdau PN cedia 2,57%.