20°
Máx
14°
Min

Bovespa cai pressionada por Vale e amplia mínimas após Nova York

Em queda desde a abertura, a Bovespa ampliou mínimas na parte final da manhã desta segunda-feira, 9, em sintonia com o início dos negócios em Wall Street. Às 10h36, o principal índice da Bolsa recuava 1,37%, aos 51.008,82 pontos, penalizado pelas fortes perdas dos papéis da Vale, em baixa de 8,85% (ON) e -6,65% (PNA).

As ações da mineradora reagem a uma nova desvalorização do preço do minério de ferro no mercado à vista chinês, de -3,6%, para US$ 55,6 a tonelada seca, de acordo com o The Steel Index.

A perspectiva de enfraquecimento da economia chinesa, principal mercado das exportações da Vale, também estimula as vendas dos papéis da companhia, depois da divulgação de dados fracos de importação e exportação neste fim de semana. Na comparação anual de abril, as exportações do gigante asiático caíram 1,8%, revertendo alta de 11,5% em março, enquanto as importações recuaram 10,9%, ante queda de 7,6% no mês anterior.