22°
Máx
14°
Min

Bovespa marca máxima após Nova York, mas desacelera ganhos

(Foto: Estadão Conteúdo) - Bovespa marca máxima após Nova York, mas desacelera ganhos
(Foto: Estadão Conteúdo)

A Bovespa abriu em alta nesta sexta-feira, 30, e acelerou os ganhos, refletindo o início dos negócios em Wall Street. Depois, no entanto, reduziu o ímpeto e às 10h40 o Ibovespa subia apenas 0,06%, aos 58.387,58 pontos.

O petróleo, que ensaiava uma melhora mais cedo, mas voltou a cair. Vale lembrar que os contratos futuros da commodity registraram robustos ganhos de mais de 7% nas duas sessões anteriores, em reação à decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de fechar um acordo preliminar para reduzir a produção.

Em Wall Street, o Dow Jones subia 0,61%, o S&P 500 avançava 0,49% e o Nasdaq tinha ganho de 0,38%.

A semana movimentada por lá termina com a divulgação de uma série de indicadores, enquanto persistem as preocupações com o Deutsche Bank e o temor de que o banco alemão possa contaminar outras instituições financeiras na Europa e ao redor do mundo.

A agenda desta sexta-feira já começou com a divulgação de aumento de 0,2% na renda dos norte-americanos em agosto, como esperado pelos economistas. Ao mesmo tempo, o consumo mostrou estabilidade, ante estimativa de avanço de 0,1%. A sinalização dos números é que os norte-americanos preferiram poupar a consumir.