28°
Máx
17°
Min

Bovespa opera em alta com ajuste técnico e noticiário político

O Ibovespa opera em alta nesta quinta-feira, 7, devolvendo parte da queda acumulada nos primeiros dias da semana. Por trás do movimento de valorização estão, segundo operadores, o vencimento de Índice Futuro na próxima quarta-feira e notícias desfavoráveis à presidente Dilma Rousseff. Às 10h45, a Bolsa apresentava alta de 1,53%, aos 48.833,70 pontos.

O mercado reage à notícia de que o ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo, teria revelado o pagamento de propinas às campanhas de 2010 e 2014 da presidente Dilma Rousseff. O processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff também continua no radar.

Na manhã desta quinta, o PV anunciou que suas bancadas na Câmara dos Deputados e no Senado decidiram votar unanimemente a favor do impeachment. Levantamento realizado pelo Grupo Estado mostra que até a quarta-feira à noite 258 deputados declaravam votos a favor da saída da presidente Dilma Rousseff. Para o processo ser aprovado são necessários 342 votos dos 513 deputados.

No campo econômico, o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou em evento realizado nesta quinta que o governo brasileiro pode ter nova frustração de receitas neste ano, em meio a um quadro de retração da economia brasileira. É justamente essa frustração de receitas, segundo ele, que torna necessária a revisão da meta de resultado primário.

No ambiente externo, o Departamento de Trabalho dos Estados Unidos informou que foram apresentados 267 mil pedidos de auxílio-desemprego, 9 mil a menos do que na semana anterior. O número ficou levemente abaixo da previsão dos analistas, de 268 mil pedidos.