22°
Máx
16°
Min

Bovespa renova mínimas após Nova York, mas ensaia melhora com bancos

A Bovespa abriu em queda nesta quarta-feira, 1º de junho, e renovou mínimas com o início dos negócios em Nova York, por volta das 10h30. No entanto, ensaia uma melhora, impulsionada pela recuperação das ações do setor financeiro.

Às 11h35, o Ibovespa subia 0,24%, aos 48.588,16 pontos. No mesmo horário, os papéis PN do Bradesco avançam 2,68%, depois de, na terça-feira, terem recuado 5,00%, penalizados pela notícia de que a Polícia Federal pediu o indiciamento do presidente do banco, Luiz Carlos Trabuco, e de outros executivos da instituição no âmbito da Operação Zelotes.

Em Nova York, as bolsas reduziram as perdas após a divulgação do PMI industrial dos EUA, medido pelo Instituto para Gestão de Oferta (ISM), que subiu a 51,3 em maio, de 50,8 em abril.