21°
Máx
17°
Min

Bovespa tem realização e amplia perdas após abertura em NY

A Bovespa opera em queda no último dia de março em um processo de realização após a alta de quase 20% registrada desde o início do mês. O Ibovespa reflete a desvalorização dos papéis da Vale e dos bancos. As ações da Petrobras, em contrapartida, apresentam valorização, impulsionando a alta de mais de 40% registrada em março. Os papéis da Vale, por outro lado, devolvem parte da elevação superior a 30% acumulada no mês.

A realização no mercado acionário também é sustentada no ambiente externo desfavorável. As Bolsas europeias operam em queda e, nos Estados Unidos, a Nasdaq e a S&P, têm leve baixa. A Dow Jones sobe. No Brasil, a Bolsa operava aos 50.7274,52 pontos, em retração de 1,01% às 10h45.

"Como o exterior hoje não ajuda, é salutar a Bolsa dar uma respirada para ajustes, enquanto o mercado acompanha as sessões na Câmara", comentou um operador de renda variável.

Em Brasília, as atenções estão voltadas às declarações do ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, à comissão especial do impeachment, a partir das 11 horas. O professor de Direito Tributário da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Ricardo Lodi Ribeiro, também foi indicado pelo governo para defender da presidente Dilma Rousseff.