24°
Máx
17°
Min

Bovespa tenta recuperação após abertura em NY

A Bovespa colocou fim nesta quarta-feira, 20, a uma sequência de dez pregões de valorização, mas volta a subir nesta manhã desta quinta-feira, aproveitando a influência da entrada dos investidores estrangeiros a partir das 10h30, com o início dos negócios em Nova York.

Os ganhos, contudo, são moderados e o índice à vista avançava 0,24% às 10h45, aos 56.661,92 pontos. Entre os destaques de alta, as ações da Vale subiam 2,97% (ON) e 2,64% (PNA), após a divulgação dos dados operacionais referentes ao segundo trimestre deste ano. A produção de minério de ferro da companhia caiu 2,8% ante o mesmo período de 2015, para 86,82 milhões de toneladas, mas, na comparação com o primeiro trimestre deste ano teve incremento 12%.

Em Wall Street, no esmo horário, Dow Jones recuava 0,19%, S&P 500 tinha queda de 0,08% e Nasdaq perdia 0,07%. Os juros dos Treasuries renovavam máximas nesta manhã, diante de mais um indicador positivo do setor de emprego nos EUA e um leilão de US$ 13 bilhões em títulos indexados à inflação (Tips) de 10 anos, com resultado divulgado às 14h.

O número de pedidos de auxílio-desemprego caiu 1 mil na semana encerrada em 16 de julho, para 253 mil, e segue em nível historicamente baixo. O resultado é um sinal de que o mercado de trabalho poderá continuar em expansão no segundo semestre.