28°
Máx
17°
Min

Brexit não impactou condições de empréstimo dos bancos da zona do euro, diz BCE

O voto do Reino Unido para sair da União Europeia (UE), ainda não impactou as condições de empréstimo dos bancos na zona do euro, de acordo com pesquisa publicada pelo Banco Central Europeu (BCE), nesta terça-feira.

A pesquisa trimestral, conduzida de 14 a 29 de junho, avaliou que os bancos da zona do euro esperam que os termos de crédito imobiliário e empréstimo ao consumidor deve melhorar nos próximos meses até setembro. Isso será seguido de um relaxamento nos critérios de aprovação de crédito para empréstimos de negócios na zona do euro nos três meses anteriores.

O BCE afirmou que "nenhuma imagem clara" surgiu sobre como os bancos lidaram com o impacto do Brexit sobre as condições de empréstimo.

O resultado da pesquisa foi divulgado dias antes da reunião do BCE, nesta quinta-feira, na qual os dirigentes devem manter o programa de estímulo de 1,8 trilhão de euros (US$ 2 trilhões) inalterado na espera de mais dados econômicos que mostrem o impacto do Brexit.

O presidente do Bce, Mario Draghi, disse à líderes da UE no mês passado que ele acredita que o Brexit deve derrubar 0,5 ponto porcentual de crescimento da zona do euro nos próximos três anos, de acordo com fontes.

ECB President Mario Draghi told EU leaders last month that he expects the U.K. referendum result to knock up to 0.5 percentage point off eurozone growth over three years, according to people familiar with the Matter. Fonte: Dow Jones Newswires.