28°
Máx
17°
Min

BRF interrompe operações em unidades de abate de aves em GO e RS

A BRF informou que vai paralisar temporariamente atividades nas unidades de aves de Jataí (GO) e de Lajeado (RS). A companhia também reduzirá a produção de margarina em uma de suas unidades em Uberlândia (MG). Em nota, a empresa informa que a decisão é parte de uma revisão de seu parque fabril, em curso desde 2015, e também foi influenciada pelo "ambiente econômico desafiador pelo qual atravessa o País e o nosso mercado".

Na unidade goiana, o abate de aves será paralisado temporariamente e a unidade não será vendida, enfatizou a BRF. No entanto, não há previsão de retomada das atividades. A partir de 30 de junho, o volume produzido na unidade será reduzido gradativamente. As demais unidades em Jataí, que incluem fábrica de ração, incubatório e aviários, funcionarão normalmente. Também não haverá alteração nas atividades de integrados, segundo a empresa.

A unidade que terá suas atividades paralisadas conta com cerca de 550 funcionários, que "poderão ser integrados em outras unidades produtivas, dependendo da disponibilidade de vagas e posições equivalentes".

Em Lajeado, no Rio Grande do Sul, a linha de produção de aves ficará inativa entre 18 e 31 de julho. Segundo a companhia, trata-se de uma "pausa estratégica de 15 dias nas operações de abate de aves". Os funcionários que compõem o quadro do setor terão férias coletivas no período, e devem retornar às atividades na primeira semana de agosto. O abate de suínos no município e as atividades administrativas não serão paralisadas.

Margarina

Já na unidade de Uberlândia (MG) haverá paralisação temporária de parte da linha de produção de margarina. A unidade continuará ativa, porém com escala reduzida.

"De aproximadamente 220 funcionários que trabalham na unidade atualmente, cerca de 80% serão absorvidos em outras operações da companhia, também localizadas em Uberlândia", informou a BRF, em nota. No município, a empresa conta com cerca de 6 mil funcionários.