23°
Máx
12°
Min

Cade aprova aquisição, pela Statoil, de fatia da Petrobras em bloco de Santos

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição, pela Statoil, da totalidade da participação indivisa de direitos e obrigações da Petrobras no Bloco BM-S-8, na Bacia de Santos, num total de 66%. A operação foi celebrada entre as duas empresas por meio da assinatura de um Farm Out Agreement (FOA). A decisão do Cade está formalizada em despacho no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 9.

Além da Statoil, que assumiu a parte da Petrobras, de 66%, o contrato de concessão referente ao Bloco BM-S-8 é dividido também entre as empresas Petrogal (14%), Queiroz Galvão (10%) e Barra Energia (10%).

Na semana passada, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, informou, em palestra na Noruega, que a estatal brasileira escolheu a estatal norueguesa Statoil como parceira "prioritária" no leilão do pré-sal que ocorrerá em 2017.

As duas empresas assinaram acordo para avaliar projetos que possam desenvolver juntas, um primeiro passo da nova estratégia traçada por Parente para vencer a crise financeira. Além de se desfazer de ativos, a Petrobras agora quer se associar a outras companhias para reduzir custos. Como compensação à Statoil, a petroleira nacional prometeu prioridade na hora de definir sócios para a concorrência do pré-sal.