23°
Máx
12°
Min

Cade aprova aumento da participação da Nippon na Vallourec

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, ato de concentração entre as empresas Vallourec e Nippon Steel & Sumitomo Corporation (NSSMC), conforme despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 31.

De acordo com o parecer do órgão, a operação aprovada refere-se a uma conversão em ações de valores mobiliários (bonds) que serão emitidas pela Vallourec e subscritos pela Nippon. Com isso, a partir do fechamento do negócio, a Nippon aumentará a sua participação acionária na Vallourec para 15%.

A operação, segundo as empresas informaram ao Cade, "é uma recapitalização que tem como principais objetivos manter a posição estratégica competitiva da Vallourec e dar continuidade aos investimentos em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, num cenário adverso representado pela queda do preço do barril de petróleo no cenário internacional, impactando diretamente na demanda por soluções tubulares".

Ainda de acordo com o parecer, o ato de concentração encerra uma tríade negocial que envolveu, num primeiro momento, a reorganização societária de uma joint venture existente - Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil (VSB) - e a conversão em ações ordinárias de valores mobiliários (bonds) também emitidos pela Vallourec e subscritos pela BpiFrance Participations.

A Vallourec é a holding controladora do Grupo Francês Vallourec, líder mundial na fabricação de tubos de aço sem costura e em soluções tubulares premium, presente em mais de 20 países, incluindo o Brasil.

Já a Nippon é holding do Grupo NSSMC, empresa de produção e fabricação de aço com sede em Chiyoda/Tóquio, formada em 1950. No Brasil, o Grupo desenvolve atividades por intermédio de seis empresas, entre elas a Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais (Usiminas).