24°
Máx
17°
Min

Cade aprova cisão da Florestal Vale do Corisco, controlada por Klabin e Arauco

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a operação de cisão parcial dos ativos da Florestal Vale do Corisco, empresa atualmente controlada pela Klabin, com 51% de participação no capital social, e pela Arauco Forest, com 49%. O despacho com a decisão está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 19.

Parecer do Cade sobre a operação informa que o negócio, por se tratar de cisão, não vai alterar a estrutura do mercado. "Os ativos que estavam sendo administrados de forma conjunta por Klabin e Arauco desde a aquisição da Vale do Corisco em 2011 passarão a ser administrados individualmente pelas partes de acordo com a divisão determinada por elas", cita o documento.

A operação - acrescenta o texto - tende a ser pró-competitiva já que, ao final, resultará nas duas empresas comercializando os produtos independentemente, em vez de fazê-lo de forma conjunta.

A chilena Arauco atua nos segmentos de reflorestamento, toras de madeira, painéis de madeira, formol, papel impregnado, madeira serrada, resinas termofixas, e pisos laminados de madeira. A nacional Klabin atua na produção de celulose, papéis, embalagens de papelão ondulado e sacos industriais, além do setor florestal, com vendas de toras de madeira para a indústria de laminação e madeira serrada.