22°
Máx
14°
Min

CAE do Senado decide antecipar votação da indicação de Ilan para o BC

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado decidiu, por 24 votos a três, antecipar a votação sobre a indicação do economista Ilan Goldfajn para a presidência do Banco Central. O pedido foi feito inicialmente pelo senador Telmário Mota (PDT-RR) e depois endossado por outros senadores.

Com a aprovação da demanda, a votação eletrônica e secreta foi aberta antes do término da sabatina de Ilan. A conclusão, porém, só se dará com o fim dos questionamentos dos parlamentares ao economista.

Apenas os senadores Vanessa Grazziotin (PcdoB-AM), Lindbergh Farias (PT-RJ) e Humberto Costa (PT-PE) votaram contra a antecipação da votação, mas foram vencidos pela maioria. Lindbergh argumentou que iniciar a votação antes do fim da sabatina poderia gerar nulidade do ato. "Quer ir embora para o gabinete? Não, vai ficar até o final", ironizou.

A presidente da CAE, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), afirmou que a Constituição prevê que a votação só seja iniciada após a fase de arguição, mas há precedentes na comissão de antecipação da votação. Por isso, a mesa colocou a questão em apreciação. Gleisi afirmou ainda que quem se opôs à abertura antecipada da votação poderá recorrer da decisão.