28°
Máx
17°
Min

Cai o número de inadimplência na fronteira

Foto: Assessoria de imprensa - Cai o número de inadimplência na fronteira
Foto: Assessoria de imprensa

O SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) registrou 2.525 inclusões e 1.784 exclusões em seu banco de dados em fevereiro deste ano.

O percentual de inadimplência do mês foi de 6,50%, bem próximo ao do mesmo mês do ano passado, que foi de 6,23%, revela levantamento feito pela ACIFI (Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu).

Neste ano, o resultado de fevereiro apresenta uma importante queda em relação a janeiro, que registrou um percentual de 13,49%. Cabe frisar, entretanto, que o índice ainda está em nível considerado elevado.

Em consonância com os números locais, a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela CNC, mostra que o percentual de famílias brasileiras endividadas também apresentou ligeira retração de 0,08 ponto percentual, ao cair de 61,6% para 60,8% de janeiro para fevereiro deste ano.

Em relação às vendas, segundo o presidente da ACIFI, João Batista de Oliveira, “ao modo dos últimos meses, a alta do dólar segue tornando o comércio iguaçuense atrativo para os consumidores dos países vizinhos, que continuam movimentando nosso comércio e contribuindo para os resultados de nossa economia”.

Recomendações

Apesar da queda da inadimplência de fevereiro em relação a janeiro, é importante que o consumidor administre seu orçamento com critério.

É recomendável que o comércio utilize as ferramentas de proteção ao crédito para garantir a saúde financeira de seus empreendimentos e proporcionar o controle efetivo da inadimplência.

Para João Batista, “esta é a fórmula para nossa economia crescer de maneira sustentável, segura e satisfatória tanto para os consumidores quanto para comerciantes e prestadores de serviços em geral”.

Colaboração: Assessoria de imprensa