26°
Máx
19°
Min

Câmbio não é algo que tenha tanta relevância no momento, diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou na tarde desta sexta-feira, 12, que o câmbio, por definição, é flutuante. "Em alguns momentos, ele pode ser mais volátil, ou mais estável, depende de uma série enorme de fatores", disse. "E eu acredito que o câmbio não é algo que no momento tenha tanta relevância, o que tem relevância é a tendência, e o movimento de câmbio é normal", avaliou.

Segundo ele, a retomada da economia brasileira não depende, necessariamente, do valor do dólar. "O dólar afeta, de um lado, os exportadores: quanto mais alto o dólar, melhor para os exportadores, mas quando cai facilita o investimento. O que está de fato impulsionando a retomada da economia brasileira é a retomada da confiança, do consumo e dos investimentos", disse.

As declarações foram dadas minutos antes de Meirelles iniciar discurso de encerramento da décima primeira edição do Seminário Anual sobre Riscos, Estabilidade Financeira e Economia Bancária, em São Paulo. O evento é organizado pelo Banco Central (BC).

O ministro disse também que o comércio exterior ainda é uma parte pequena do Produto Interno Bruto (PIB) e que a grande força da economia brasileira é o mercado interno.