23°
Máx
12°
Min

Camex reduz tarifa de importação de óleos vegetais e aumenta tributo para algodão

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) reduziu de 20% para 10% o Imposto de Importação de gorduras e óleos vegetais, exceto óleo de mamona hidrogenado, e aumentou dos atuais 6% para 10% a alíquota do tributo incidente sobre algodão. As mudanças constam de resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU) que inclui esses produtos na Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum do Mercosul (Letec).

A mesma resolução também formaliza a suspensão do Imposto de Importação dos feijões preto e carioquinha por três meses. A medida foi deliberada na quinta-feira, 23, pela Camex e anunciada na quarta-feira, 22, pelo presidente em exercício, Michel Temer, "em função da elevação do preço do produto, motivada por uma combinação de fatores, dentre eles problemas climáticos que afetaram a safra".