26°
Máx
19°
Min

Carrefour pode abrir capital no País em 2017

Aguardada há mais de dois anos, a abertura de capital na Bolsa da operação brasileira do Carrefour, que tem entre seus principais acionistas o empresário Abílio Diniz, poderá ocorrer no segundo trimestre de 2017. De acordo com fontes ouvidas pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, no entanto, o martelo ainda não foi batido, pois a oferta dependerá também das condições gerais do mercado acionários brasileiro.

A companhia já teria contratado o Credit Suisse para liderar a operação, segundo fontes, e conversas com outros bancos de investimento estariam em curso. Procurado, o Credit Suisse não comentou.

A abertura de capital no Brasil é considerada por analistas uma oportunidade para o Carrefour gerar recursos e crescer no País. Por outro lado, o mercado diz que também há pressão de investidores na França para que a operação brasileira levante recursos para a matriz, por meio de uma operação secundária.

Uma fonte destacou que, neste momento, faria sentido para a companhia uma emissão mista (primária e secundária). Assim, parte do capital ficaria com a unidade brasileira e o resultado da operação secundária iria para a matriz. A bolsa brasileira não é palco de nenhum IPO há 15 meses. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.