22°
Máx
16°
Min

Cautela com situação política faz o dólar subir

O dólar à vista no balcão subia na manhã desta sexta-feira, 11, em meio à cautela dos investidores antes da decisão da Justiça sobre o pedido de prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da convenção do PMDB marcada para amanhã, e das manifestações contra o governo Dilma, para Domingo. O movimento inclui ainda ajustes técnicos.

Os ajustes fizeram com que houvesse sinais desiguais na abertura, sendo negativo no segmento futuro e positivo no mercado à vista. Depois, o dólar no balcão e o futuro se firmaram em alta.

Às 9h36, a moeda à vista no balcão subia 0,92%, cotada a R$ 3,6520, depois de abrir a R$ 3,6220, com valorização de 0,09%. No mercado futuro, o dólar para abril foi negociado em queda de 0,30% na abertura, a R$ 3,6250, mas virou e avançava 1,03%, a R$ 3,6735, no horário mencionado anteriormente.

Segundo profissionais, o fato de o dólar à vista ter fechado ontem em baixa de 2,17%, aos R$ 3,6187, no menor patamar desde 28 de agosto de 2015, também estimula compras. Entre os compradores, estão investidores que têm compromissos em moeda estrangeira a vencer no curto prazo.