24°
Máx
17°
Min

China anuncia novos IPOs e dá sinais de que acelera o ritmo dessas operações

Apesar de meses de negociações fracas no mercado acionário da China, o governo de Pequim não dá sinais de recuo nas ofertas públicas iniciais (IPO, na sigla em inglês). O regulador do mercado chinês deu sinal verde para a realização de 14 IPOs na sexta-feira que irão levantar até 11,6 bilhões de yuans, o que confirma a especulação de que o ritmo dessas ofertas tem acelerado.

Sete companhias - entre elas o Bank of Hangzhou e a Hubei TKD Crystal Electronic Science and Technology - serão negociadas na Bolsa de Xangai, enquanto cinco das demais estarão listadas na ChiNext, que segue modelo similar à Nasdaq. No primeiro semestre, 67 IPOs levantaram 33,2 bilhões de yuans no país. A Comissão Reguladora de Valores Mobiliários (CSRC, na sigla em inglês) chinesa também disse na sexta-feira que encorajará que empresas de 592 condados mais pobres possam lançar ações, com uma espécie de "passagem especial" para essas companhias lançarem IPOs, emitirem bônus e realizarem fusões. Fonte: Dow Jones Newswires.