22°
Máx
17°
Min

China deve ter redução no número de refinarias independentes, diz economista

Conforme o governo da China se torna mais rígido em padrões ambientais para o setor de refino de petróleo doméstico, muitas refinarias independentes menores não serão capazes de fazer melhorias em suas instalações para atingir os níveis exigidos. Com isso, essas refinarias falirão ou serão compradas por outras maiores, avalia Nelson Wang, economista do banco de investimento CLSA, que espera uma onda de consolidação entre as refinarias independentes no futuro próximo no país.

Wang também acredita que as refinarias maiores poderiam ser absorvidas pelas companhias estatais. "Contanto que não seja uma aquisição hostil, o governo não deve apresentar objeções a isso", avalia ele. Fonte: Dow Jones Newswires.