22°
Máx
17°
Min

Com Olimpíada, vendas de veículos no Rio caíram 14% em agosto, revela Anfavea

Apesar de o resultado de agosto ter sido o melhor do ano, com 183,9 mil veículos emplacados, as vendas poderiam ter sido melhores não fosse a realização da Olimpíada no Rio de Janeiro, afirmou nesta terça-feira, 6, Antonio Megale, presidente da Anfavea, entidade que representa as montadoras instaladas no País.

De acordo com o executivo, com a atenção dos consumidores voltada aos Jogos Olímpicos, as vendas na cidade do Rio de Janeiro, onde está o terceiro maior mercado do País, recuaram 14% na passagem de julho para agosto - na contramão do aumento de 1,4% das vendas nacionais.

Megale, numa referência à Volkswagen, disse também que a paralisação das atividades de uma grande montadora pesou nos resultados de agosto. De acordo com o executivo, a produção da indústria automobilística poderia ter se aproximado de 200 mil veículos se as fábricas da Volks, empresa onde trabalha, não tivessem sido interrompida por falta de peças.

No fim, o setor terminou o mês passado passado com 177,7 mil veículos montados, 18,4% abaixo do volume registrado em igual período do ano passado.